Carros elétricos serão montados no Brasil

0

Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

publicidade

A montadora Renault e a Itaipu Binacional assinaram, no último dia 7, um o acordo de cooperação tecnológica que prevê a montagem, no Brasil, de 32 Twizys, minicarro de dois lugares, com propulsão totalmente elétrica, que já é vendido na Europa.

“Veículo elétrico estará no futuro da mobilidade”

Os veículos serão montados no Centro de Veículos Elétricos de Itaipu, em Foz do Iguaçu. Vão ser usados na Itaipu e instituições parceiras. “O acordo com a Renault une empresas que têm o desejo de desenvolver tecnologias limpas, que não agridem o meio ambiente com a emissão de gases poluentes”, afirmou Jorge Samek, diretor da Itaipu no Brasil. O presidente da Renault do Brasil, Olivier Murguet, avalia que a “o futuro da mobilidade passa por veículos zero emissão”.

publicidade

Os principais pontos do acordo contemplam estudos para a elevação do índice de nacionalização dos componentes utilizados nos veículos elétricos da Renault e a preparação de subfornecedores de peças.
“Queremos aproveitar o know-how da Renault em veículos elétricos para ajudar a desenvolver um braço importante da cadeia produtiva”, disse o engenheiro Celso Novais, da Itaipu.

Modelo ainda não tem previsão de ser lançado no país

publicidade

Na Europa, o Twizy faz parte de uma categoria especial de veículos, para uso exclusivo em cidades e rodovias de perímetro urbano. Os modelos chegam a 45 km/h e não podem ser utilizados em rodovias expressas.
No mercado internacional, a Renault já lançou os modelos elétricos Fluence ZE, o comercial leve Kangoo ZE (cargo), o hatch Zoe e o Twizy.

No entanto, a Renault ainda não tem previsão sobre lançamento comercial do Twizy ou dos seus outros veículos elétricos no Brasil. Na Europa, o Twizy custa cerca de oito mil euros (aproximadamente R$ 28 mil).

carro-ar-comprimido---divulVeículo movido a ar comprimido

A empresa indiana Tata é uma das principais do mundo no desenvolvimento de um modelo movido a ar comprimido. O Airpod chega a 80 km/h e tem autonomia de 200 quilômetros.

 

Comentários