Novo escândalo com Saulo Poncio e Gabi Brandt: psicológico fala sobre o...

Novo escândalo com Saulo Poncio e Gabi Brandt: psicológico fala sobre o fantasma da traição

0
Compartilhar
gabi-brandt-e-saulo-poncio traição

Um dos vocalistas do grupo Um44k, Saulo Poncio, se envolveu em mais uma grande polêmica. Não é a primeira vez que o cantor é acusado de trair sua esposa, Gabi Brandt, mas dessa vez as denúncias vieram com provas até de vídeos. Pensando nisso, convidamos o psicólogo e escritor Alexandre Bez para falar sobre o fantasma da traição que vive cercando tanto relacionamentos.

Segundo Alexandre Bez, especialista em relacionamentos, poucas coisas podem ser tão dolorosas em um relacionamento como a traição. Descoberta ou revelada, ela sempre traz pensamentos como: “ele não presta”, “ele não me ama mais”, “eu não sou boa o suficiente”, “onde foi que eu errei?”. Porém, apesar de fazer sofrer, a traição pode render muitos aprendizados sobre a vida – principalmente a dois.

Desta vez, Saulo teria traído a mulher em um hotel em Limeira, no interior de São Paulo, no dia 26 de junho.  A história veio à tona após um ex-funcionário do hotel, que foi demitido por conta do cantor, Douglas Dias, ter compartilhado uma série de Stories, com direito a imagens do circuito interno de segurança e narração em suas redes sociais.

“Vários motivos podem levar à traição, problemas emocionais ou psicológicos, carência, sadismo, imaturidade ou até a falta de caráter. Porém, independente do motivo, há sempre o elemento da psicopatologia embutida. Ou seja, o traidor tem um comportamento anormal, que deve ser investigado”, explica Bez.

Para o psicólogo, após ser descoberto a traição é preciso investigar o porquê disso ter acontecido, pois só a partir daí é que a pessoa conseguirá tomar uma atitude e decidir se deve ou não perdoar e seguir em frente. A superação deve ser trabalhada em diversos aspectos. “Meditação e elevação da autoestima também podem ajudar bastante. Isso pode ajudar a pessoa a se conhecer melhor e manter a tranquilidade, além de possibilitar que consiga aprender com a traição”.

A traição pode servir para mostrar que nada é definitivo e eterno. Pessoas mudam, ideias mudam. Além disso, “a dor ajuda a criar mais responsabilidade e saber como proceder numa relação, evitando desgastes, além de exercitar a capacidade de perdoar dos erros e corrigi-los”, salienta. Outro ponto é o fortalecimento do diálogo entre o casal.

Compartilhar

Comentários