Comissão convoca empresas para falar sobre colaboração com a ditadura

0

Seis empresas com indícios de colaboração com a ditadura civil-militar no estado de São Paulo foram chamadas para dar explicações em audiência pública da Comissão da Verdade de São Paulo. As atividades acontecerão nesta sexta-feira, 27, e segunda, 2, na Assembleia Legislativa.

publicidade

As empresas Aliperti, Cobrasma, Volkswagen, Metrô, Embraer e Codesp terão que explicar a postura tomada durante o período de repressão.
Documentos e depoimentos mostram relação íntima entre as fábricas e os órgãos de repressão.
Exemplos dessa relação são a livre circulação da PM dentro da Aliperti, na zona Sul de São Paulo, comum nas décadas de 60 e 70. Também a diretoria da Cobrasma, fábrica de Osasco, enviou em 1965 ao Dops (Departamento de Ordem Social e Política) dados de trabalhadores.

Metalúrgicos da Volkswagen em São Bernardo do Campo foram à época presos e interrogados dentro da fábrica. Metroviários de São Paulo foram demitidos após greve em 1983.

publicidade

Comentários

publicidade