Morador de Alphaville, Pyong vai depor sobre assédios no BBB20

0
pyong lee morador de alphaville bbb
Foto: reprodução

Um dos moradores ilustres de Alphaville, o hipnólogo Pyong Lee foi convocado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro para depor sobre supostos assédios cometidos no BBB20, da TV Globo. “Aqui fora eu sabia que teria consequências e eu vou lidar com as consequências dos meus atos”, disse o hipnólogo à reportagem do UOL.

publicidade

O hipnólogo foi eliminado da casa na semana passada, com 51,70% dos votos, e terá de responder pelo episódio de assédio em uma das festas do reality, em que tentou beijar Marcela e passar a mão no bumbum de Flayslane.

Após o ocorrido, o hipnólogo foi advertido pela produção do reality e chegou a pedir desculpa às participantes do BBB20 e à sua esposa, Sammy Lee, que estava prestes a dar a luz ao seu primeiro filho, Jake.

publicidade

“Estou com a consciência tranquila. Eu errei, não vou mentir, não vou esconder, e não preciso fazer isso. Inclusive já pedi desculpas publicamente dentro do ‘Big Brother’, disse Pyong.

A delegada Catarina Noble, responsável pelo caso disse em outra reportagem do UOL que a abertura do processo foi motivada pela repercussão nas redes sociais.

publicidade

Na época, as atitudes do hipnólogo geraram uma série de críticas na internet e fez com que as hashtags #PyongExpulso e #ForaPyong ficassem no trending topics do Twitter.

 

Comentários