Produtor acusa família Larissa Manoela de “golpe” e pede R$ 1,7 milhão de indenização

0
Larissa-Manoela-1
O produtor acusa a família da estrela teen de dar um calote após cancelar um show ; foto: reprodução

Uma das moradoras ilustres da Granja Viana, em Cotia, Larissa Manoela e seus pais, Silvana e Gilberto, são acusados por um produtor de shows de lhes “dar um golpe”. Ele acionou a família da atriz na Justiça e pede uma indenização de R$ 1,7 milhão.

publicidade

O produtor de shows Davi Dantas acusa a família da estrela teen de dar um calote após cancelar uma apresentação de Larissa Manoela que aconteceria em 2018 no Jockey Club. O valor da ação de indenização, 1,7 milhões está relacionado ao adiantamento de cachê, aluguel de equipamentos, prejuízo de patrocínios e lucro que teria com o show remanejado para o Credicard Hall.

À “Veja”, Davi Dantas disse que, logo após o cancelamento da apresentação de Larissa Manoela no evento de Halloween, o produtor remanejou o show para o Anhembi, mas alegou não ter conseguido a documentação necessária para a realização do evento.

publicidade

Por sugestão do pai da estrela, o show foi adiado para outubro de 2019, no Credicard Hall, novo Unimed Hall. Mas o produtor disse que Gilberto sumiu e, quando conseguiu entrar em contato com ele, o pai da atriz teria pedido que Dantas cancelasse o evento, com data marcada para 19 de outubro de 2019.

Davi teria sido orientado pela família de Larissa Manoela a falar com uma funcionária da empresa terceirizada para conseguir a devolução do adiantamento do cachê. “Tentei por um ano falar com eles”, disse à “Veja”. “Quando a procurei, me orientaram a procurar o advogado da família”.

publicidade

Segundo o produtor, na mesma data em que o show no Credicard Hall estava marcado, Larissa Manoela se apresentou com a estreia da turnê “Além do Tempo”. “Liguei [para o Credicard] como produtor, falando no nome dela, e reservei a data. Também conversei com a Tickets For Fun avisando que depois entraria em contato para fechar a venda de ingressos. Nesse meio tempo, eles [família de Larissa] me enrolaram, não me confirmaram o show, mas fecharam o contrato com a empresa, deram um golpe”.

Em nota divulgada à imprensa, a assessoria de Larissa Manoela disse que “não descumpriu qualquer contrato de trabalho com o Sr. Davi Dantas”. Segundo a equipe, a apresentação no Jockey Club não aconteceu por “responsabilidade única e exclusiva” do produtor, que “não conseguiu a documentação necessária junto aos órgãos responsáveis para a realização do evento”.

Sobre a segunda tentativa de realizar o evento, já no Anhembi, a assessoria disse que o produtor também não conseguiu a documentação necessária. A nota diz ainda que Dantas “estaria pedindo um suposto ressarcimento de cerca de R$ 1,7 milhão, ou seja, de 35 vezes o valor. Mas a artista não recebeu nenhuma citação oficial desse processo, afinal está fora do país, rodando um longa-metragem em Nova York”, diz outro trecho da nota.

+ Leia mais: Contratada pela Globo com salário impressionante, Larissa Manoela vai se mudar de Cotia para o Rio

+ Leia mais: Larissa Manoela é estrale de filme na Netflix

Comentários